segunda-feira, 25 de maio de 2009

A Galera Hype e o Boom Nerd: A Modinha do Momento

por Tahiane

Ultimamente ouve-se muito falar que alguma coisa ou alguém é "hype", mas você sabe o que significa esse termo? Sim? Não? Pois bem: não existe uma definição "oficial" para o termo em Português BR, mas, trocando em miúdos, hype é a ultima moda, o assunto mais comentado (o termo é mais usado assim no Brasil). No dicionário publicitário, hype é a superpromoção de uma pessoa, uma idéia ou um produto. Vem do termo em inglês Hyperbole (hipérbole, em português), uma figura de linguagem.

Hoje, dia 25 de Maio, é dia do orgulho nerd. Mas os nerds não eram aqueles que apanhavam dos garotos maiores nos filmes? Aqueles que passavam a vida inteira jogando videogame vestidos com camisas da trilogia Star Wars, com óculos de armação grossa? Aqueles que ainda eram virgens aos 30 e moravam com os pais até a morte dos mesmos? É, esse é o estereótipo do nerd (geek em inglês, friki em espanhol...).

Agora todo mundo quer ser nerd, existe um status nisso... Muita gente "vira nerd" apenas pra parecer hype! Ei, não estou discutindo seu direito de seguir a moda, você pode sim ser isso, usar óculos de armação grossa (sem grau), dizer que A-D-O-R-A Star Wars e Jornada nas Estrelas, "faz o que tu queres, pois há de ser da lei" (já dizia Raulzito, plagiando Aleister Crowley).

A única coisa que realmente me incomoda nessa história é um bando de pseudo-intelectuais, vestidos de nerd (veja bem, nerd para a maioria "hype" é um estilo, roupas e cabelos). Essas pessoas colocam um Jean Paul Sartre debaixo do braço, leêm sobre Bergman na Wikipédia e estão prontos para rebater qualquer argumento seu, pois são verdadeiro críticos de cinema. Artes e filosofia? Eles dominam tudo! Não adianta, você jamais será tão inteligente e sensível artisticamente como um "nerd hype". As garotinhas do momento andam com camisetas de grife "i love nerds".

E quanto aos filmes Cult? Bem... Qualquer coisa ruim feita há 20 anos atrás pode ser Cult. E vira assunto nas discussões mais acaloradas sobre o maravilhoso cinema tailandês ou sobre os primórdios do famigerado Bollywood... é até engraçado...

Esse texto é só um desabafo de quem sente falta dos tempos em que as coisas estavam nos seus devidos lugares. As relações interpessoais se tornam verdadeiras trincheiras, cada um querendo saber mais que o outro, disparando argumentos e se defendento atrás de pensadores que muitas vezes essa pessoa não faz idéia do que dizem. É chato quando vira moda, é chato porque sempre existem pessoas que “se sentem”. É chato porque as pessoas não querem realmente alguma coisa, querem pessoas. Querem mostrar que podem ser aceitas no novíssimo circulo social, mostrar que podem ser hype.

Por enquanto, apesar de chato, essa coisa de “nerd hype” ainda traz algum conhecimento para as pessoas da modinha. Mas imagine só, leitor, quando chegar a moda da loura burra? Ou pior, da super-espiritualização por meio de cristais?

Espere só o boom mundial do techno-brega... vai ser um estouro mesmo!


p.s.: Perdoem qualquer possível incoerência, estou com TPM!

2 comentários:

Icaro disse...

nerd já é uma palavra da língua inglesa. e geek é quem tá mais ligado em tecnologia, como alguém que não vive sem internet, séries de tv, videogames e gadgets, e que não é, necessariamente, uma pessoa estudiosa.

a princípio são coisas diferentes, mas, como você mesmo falou, depois de tanto "hype", todo mundo acha que é a mesma coisa.

relaxe, tudo tem seu lado bom. graças a esse hype, a cultura pop do ocidente ficou (temporareamente) mais interessante. bem, pelo menos pra mim.

Anônimo disse...

tahiane deixe de ser hype!
auhauhhuahauhauahu
brincadeirinha!!!

bom texto o seu.
mas eu tenho uma camiseta sobre nerds.
ahauhahuahuahuauhhauuha
mas eu não sou hype não.
nem nerd.

mas enfim.
existem muitas pessoas com essas características.
mas eu acho normal... tem tantos pseudos alguma coisa por ai...




:*

andréia

layout por WART :]